MXCP – Saída

MXCP não produz saídas de registros vazios. Os registros de entrada ou os processados que não tenham campos são descartados. Os registros logicamente apagados só são processados, se for usada a opção undelete. Pode ser usado o mesmo arquivo mestre tanto para a entrada como para a saída, porém só será possível reorganizar um arquivo mestre, copiando-o a um novo. A opção create=<dbout> assegura que <dbout> será criado o reinicializado. O comando:

mxcp in create=out period=.,3 repeat=;,7

Para o arquivo mestre in :

MFN 1
3 «Field 3 occ 1. »
3 «Field 3 occ 2 .»
7 «Field 7/1; Field 7/2; Field 7/3.»
MFN 2
...


Cria out com:
MFN 1
3 «Field 3 occ 1»
3 «Field 3 occ 2»
7 «Field 7/1»
7 «Field 7/2»
7 «Field 7/3»
MFN 2
...


Produz as seguintes mensagens:
*** mfn 1 tag=3/1 -> rejected char
*** mfn 1 tag=3/1 -> rejected char
*** mfn 1 tag=3/1 . -> rejected char
*** mfn 1 tag=3/2 -> rejected char
*** mfn 1 tag=3/2 . -> rejected char
*** mfn 1 tag=3/2 -> rejected char
*** mfn 1 tag=7/1 -> rejected char

Was this helpful?

0 / 0

Deixe uma resposta 0

Your email address will not be published. Required fields are marked *