ID2I – Programa

ID2I – Apresentação
O programa recebe um arquivo ASCII e devolve um arquivo mestre.
Estrutura do arquivo ASCII:
• !ID nnnnnn  Marca de começo de registro com mfn=nnnnnn
• !vnnn  Marca de começo de uma ocorrência do campo com tag nnn.

O arquivo terá a forma:
!ID nnnnnn
!vXXX!…conteúdo da tag XXX………….
!vYYY!…conteúdo da tag YYY………….

!ID nnnnnj
!vXXQ!…conteúdo da tag XXQ………….
!vYYQ!…conteúdo da tag YYQ………….

Dica:
Não há limite para o tamanho das linhas do arquivo de texto. Uma ocorrência pode utilizar tantas linhas quantas requeridas. Uma ocorrência termina quando começa uma linha com !vnnn! (que indica começo de nova ocorrência) ou !ID NNNNNN (começo de registro).
Exemplo:
id2i x.txt create=newcds
A idéia é utilizar o ID2I junto com o I2ID, que pega um arquivo mestre e devolve
um arquivo de texto (editável e modificável). Através do ID2I o arquivo de texto modificado é convertido em um arquivo mestre: I2ID cds >x.txt

Edit x.txt (Edita o conteúdo permitindo criar, modificar e apagar registros e
ocorrências) ID2I x.txt create=cds

Dica:
I2ID é tratado detalhadamente no Capítulo 16.

Was this helpful?

0 / 0

Deixe uma resposta 0

Your email address will not be published. Required fields are marked *