10 AUTOR PESSOAL (nível analítico)

1. DESCRIÇÃO DO CAMPO DE DADOS:
Tamanho variável
Preenchimento essencial
Repetitivo

2. DEFINIÇÃO DO ELEMENTO DE DADO:
Nome da pessoa responsável pelo conteúdo intelectual de um documento acompanhado da instituição à qual pertence. Indicar o grau de responsabilidade quando este não for o de autor.

3. NOTAS:
Autor
a) Registra-se o nome da pessoa responsável a partir do sobrenome, seguido de vírgula, um espaço e o nome propriamente dito, de preferência na forma completa. Algumas regras básicas para o preenchimento do autor pessoal baseadas no AACR2, encontram-se no ANEXO I;

b) Existindo mais de uma pessoa responsável, seus nomes deverão ser registrados na seqüência dada no documento, separando-os com a tecla “enter”;

c) É obrigatório o preenchimento de um dos campos de dados 10 ou 11. Não existindo a informação sobre a autoria (autor pessoal ou institucional), registra-se a abreviatura Anon (anônimo);

d) Não deve ser preenchido simultaneamente autor pessoal e autor institucional. Havendo autor pessoal dá-se preferência a este (campo 10).

Afiliação
O preenchimento do subcampo de afiliação é obrigatório somente para analíticas de série periódica, mas se for preenchido para outros tipos de documentos as mesmas regras devem ser seguidas:

a) Adotar para o autor a instituição à qual pertence e não a instituição onde o trabalho foi realizado, no caso de serem citadas as duas;

b) Registra-se a Instituição e seus níveis hierárquicos nos subcampos ^1, ^2 e ^3. Do terceiro nível hierárquico em diante, separá-los com um ponto e espaço; o País registra-se no subcampo
^p; e a Cidade no subcampo ^c, sendo que para o preenchimento:
^1: é obrigatório
^2 e ^3: são facultativos
^p: é essencial, desde que o subcampo ^1 não seja s.af
Se o subcampo ^1 estiver preenchido com uma afiliação, este campo torna-se obrigatório. Se
não for possível identificar o país usar a abreviatura s.p (sem país)
^c: é essencial

c) Não existindo a informação de afiliação, utilizar a abreviatura ^1s.af (sem afiliação);

d) Quando o autor pertencer a mais de uma instituição, colocar a primeira instituição, ou preferencialmente a que estiver localizada na América Latina;

e) Quando houver 2 ou mais autores e apenas uma indicação institucional, assumir a mesma instituição para todos;

f) Quando houver 2 ou mais autores sem ser possível identificar corretamente a que instituição
pertencem, colocar em todos os autores ^1s.af.

Grau de responsabilidade
a) Registra-se o grau de responsabilidade no subcampo “^r”, usando-se uma das seguintes abreviaturas:

Descrição Código
Editor ^redt
Compilador ^rcom
Coordenador ^rcoord
Organizador ^rorg

Para os materiais especiais pode-se ampliar a lista de graus de responsabilidade utilizando-se as abreviaturas usadas pela Library of Congress, que encontram-se no ANEXO VIII.

b) Registra-se somente um grau de responsabilidade para cada autor.

4. EXEMPLOS:

a) Silva, Regina^1Universidade Federal de São Paulo^2Escola Paulista de Medicina^3Departamento de Enfermagem. Disciplina de Otorrinolaringologia. Sessão de Fonética^pBrasil^cSão Paulo

b) Greco, Luis Miguel^1Universidade Federal de São Paulo^pBrasil^cSão Paulo

c) Silva, Rodolfo^1s.af

d) Gonçalves, Maria^1Hospital de los Niños^ps.p

e) Catañedo, Juan^redt^1s.af

Was this helpful?

0 / 0

Deixe uma resposta 0

Your email address will not be published. Required fields are marked *