Atores e parceiros do ABCD

ABC do ABCD

ABCD, como em todos os grandes projetos de software, é um esforço conjunto de vários atores e parceiros. Na URL a seguir é mantida uma lista dos principais atores e parceiros: http://reddes.bvsaude.org/projects/abcd/wiki/HallFame?version=20. A contribuição principal, obviamente, vem da Instituição Brasileira BIREME (ver http://www.bireme.br), que aproveitou toda a sua tecnologia baseada em ISIS para ser combinada em um produto de “culminância”, que é de fato o ABCD. Na verdade a idéia original deriva de seu atual diretor, o Sr. Abel Packer, que também dedicou generosamente tempo de trabalho e de seus programadores e gerentes de software.

Uma menção especial é certamente apropriada para a Sra. Guilda Ascencio, Venezuela, que foi a principal programadora da parte central do ABCD, com seus módulos, baseado em seu próprio software “Orbital Documental”, no qual ela tinha provado que aplicações muito avançadas, combinando biblioteca e questões de gestão de outra documentação, pode ser construída, usando ISIS e tecnologia web. Ambos os autores deste documento têm agido como coordenadores do projeto de desenvolvimento do ABCD, tentando montar as muitas peças do quebra-cabeças – e ter certeza que a figura final do quebra-cabeças não só está mais ou menos correto, mas também de algum modo atraente. Dois outros parceiros institucionais também têm de ser mencionados:

  • UNESCO: como explicado anteriormente na seção sobre a história do ISIS, é claro que a UNESCO tem um enorme mérito no desenvolvimento e promoção do ISIS. ABCD passará a fazer parte do conjunto de produtos ISIS promovidos pela UNESCO, mas através de um Memorando de Entendimento entre a UNESCO e BIREME, supervisão técnico pela BIREME será assegurada;
  • VLIR/UOS: a seção “‘Development Co-operation” do “Flemish Interuniversity Council” (VLIR, Bélgica, veja: http://www.vliruos.be ver ), por meio de  um projeto “‘Development Of and Capacity Building in ISIS-Based Library Automation Systems’ (DOCBIBLAS), que é promovido pelo co-autor belga deste manual, selecionou ABCD como a solução de automação de bibliotecas que pretende promover com bibliotecas universitárias de seu parceiro no Sul (América Latina, África e Sudeste Asiático).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *