17 AUTOR INSTITUCIONAL (nível monográfico)

Formato Lilacs

1. DESCRIÇÃO DO CAMPO DE DADOS:
Tamanho variável
Preenchimento essencial
Repetitivo
2. DEFINIÇÃO DO ELEMENTO DE DADO:
Nome da instituição responsável pelo conteúdo intelectual de um documento. Indicar o grau de
responsabilidade quando este não for o de autor.
3. NOTAS:
a) Existindo mais de uma instituição responsável, seus nomes deverão ser registrados na
sequência dada no documento, separando-os com a tecla “enter”;
b) É obrigatório o preenchimento de um dos campos de dados, 16 ou 17. Não existindo a
informação sobre a autoria (autor pessoal ou institucional), registra-se a abreviatura Anon
(anônimo) no campo 16;
c) Não deve ser preenchido simultaneamente autor pessoal e autor institucional. Havendo autor
pessoal dá-se preferência a este (campo 16).
d) Registra-se o nome da instituição, a princípio, na forma idêntica à que aparece no documento,
agregando-se, quando necessário, o nome da instituição hierarquicamente superior. Algumas
regras básicas para normalização do nome dos autores institucionais, baseadas no AACR2,
encontram-se no ANEXO II.
Grau de responsabilidade

a) Registra-se o grau de responsabilidade, no subcampo ^r, usando-se uma das seguintes
abreviaturas:

Descrição Código
Editor ^redt
Compilador ^rcom
Coordenador ^rcoord
Organizador ^rorg

Para os materiais especiais pode-se ampliar a lista de graus de responsabilidade utilizando-se as abreviaturas usadas pela Library of Congress, que encontram-se no ANEXO VIII.

b) Registra-se somente um grau de responsabilidade para cada autor.

4. EXEMPLOS:

a) Universidade Federal de São Paulo. Escola Paulista de Medicina. Departamento de Pediatria

b) UNESCO
Organización Panamericana de la Salud

c) Organización Panamericana de la Salud^redt

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *