Parâmetros que indicam qual é a fonte de entrada de dados

Utilitários CISIS

Base de dados de entrada
     <[db=]<db>>
Especifica o arquivo mestre a ser lido. Os processamentos a serem realizados, serão executados nos registros deste arquivo mestre.

C:\isis\data> mx cds

ou

X:\otrodiretório> mx C:\isis\data\cds

Gera uma saída sem formatação, mostrando todos os campos de um registro por
vez.

 mfn= 1
 44 «Methodology of plant eco-physiology: proceedings of the Montpellier
 Symposium»
 50 «Incl. bibl.»
 69 «Paper on: <plant physiology><plant transpiration> <measurement and
 instruments>»
 24 «Techniques for the measurement of transpiration of individual plants»
 26 «^aParis^bUnesco^c-1965»
 30 «^ap. 211-224^billus.»
 70 «Magalhaes, A.C.»
 70 «Franco, C.M.»
..

Dica:
O programa apresenta o prompt (..) esperando que se indique a próxima ação a realizar. Se for pressionada a tecla <enter> exibirá o registro seguinte, e assim sucessivamente.

 

mfn= 2
44 «Methodology of plant eco-physiology: proceedings of the Montpellier
Symposium»
50 «Incl. bibl.»
69 «Paper on: <plant evapotranspiration>» 24 «<The> Controlled climate in
the plant chamber and its influence upon assimilation and transpiration»
26 «^c1965»
30 «^ap. 225-232^billus.»
70 «Bosian, G.»
..

 

À frente do prompt(..) é possível tomar três ações:

a) Seguir exibindo registros pressionando <enter>

b) Entrar com um x minúsculo e pressionar <enter> para sair

c) Qualquer outro dado entrado será interpretado como uma expressão de busca
e logo que pressionar <enter> MX passará a realizar a busca e a mostrar os
registros recuperados.

 

Arquivo ISO-2709 de entrada
                                                                         iso[={marc|<n>}]=<isofile> [isotag1=<tag>]
Na seção anterior foi considerada como fonte de entrada a bases de dados em formato CDS/ISIS. O programa MX pode ler indistintamente arquivos em formato ISO-2709 e aplicar os mesmos procedimentos que em arquivos mestres (excetuando aqueles processos que requerem o uso do arquivo invertido ou dicionário como, por exemplo, uma busca). Cada registro em formato ISO-2709 que é lido é transformado internamente em um registro em formato ISIS, no o qual MX trabalha.

 

Dica:
Os separadores de campo e os separadores de registro dos arquivos ISO-2709 não são considerados pelo MX.

 
Exemplos:
• Percorrer um arquivo ISO-2709:

 mx iso=\isis\sys\cds.iso

• Percorre um arquivo no formato ISO-2709 chamado cds.iso que se encontra no
diretório \isis\sys.
• Ler um arquivo ISO e criar um arquivo mestre com o conteúdo daquele. O
prompt é suprimido pelo parâmetro now (no wait).

mx iso=cds.iso create=newcds now

Dica:
O parâmetro now é explicado detalhadamente no Apêndice Parâmetros de uso geral.
• Ler um arquivo no formato ISO-2709 que se encontra no diretório corrente e criar um arquivo mestre chamado newcds com os dados fornecidos pelo arquivo ISO. Este exemplo realiza o mesmo processamento que o anterior, porém sem apresentar informação na tela. O parâmetro -all desativa exibição do fluxo de informação na tela.

mx iso=cds.iso create=newcds now -all

 

Dica:

O parâmetro -all é explicado detalhadamente no Apêndice Parâmetros de uso geral.

 

• Ler um arquivo ISO e criar um arquivo mestre denominado newcds com os registros de
entrada, começando no mfn 1001. Da mesma forma como no exemplo anterior não será exibida
informação na tela (-all), nem haverá pausa entre registros, esperando a intervenção do usuário
(now).

mx iso=cds.iso create=newcds from=1001 -all now

Tamanho fixo de linha
O MX pode ler arquivos ISO com linha de tamanho fixo. Esta opção é utilizada para intercâmbio de arquivos ISO de computadores e software que assim o requerem (como o MINIISIS de HP). Para ler arquivos com linha de tamanho fixo, deve-se indicar o tamanho da linha logo após o parâmetro ISO:

mx iso=80=cds.iso create=newcds now -all

O exemplo lê o arquivo ISO supondo que o tamanho de linha é de 80 caracteres. Se o tamanho da linha é variável, então o parâmetro será “0” (zero).

mx iso=0=cds.iso create=newcds2 now -all

Leitura de arquivos MARC
Os arquivos que cumprem a norma MARC mantêm como fim de cada linha somente o caráter ‘\0Bx’ e não têm ‘\0Cx’ (<CR>) adicional. Para estes arquivos se indicará o parâmetro como segue:

mx iso=marc=input.iso create=output.iso now –all

Dados do Leader do registro MARC
Os registros MARC contêm dados no Leader que não são convertidos automaticamente para CDS/ISIS. Se estes dados forem necessários deverão ser convertidos para campos convencionais, indicando um valor no parâmetro isotag1=<n> como base a partir da qual serão carregados os bytes do Leader. Por exemplo, se for indicado isotag1=3000, o byte de posição 5 do Leader será carregado no campo 3005.

mx iso=marc=input.iso isotag1=3000 create=newcds now -all

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *