Arquivo Invertido como entrada

Utilitários CISIS

   dict=<if>[,<keytag>[,<posttag>[/<postsperrec>]]]
   [k{1|2}=<key>]
MX lê como entrada de dados as chaves de um arquivo invertido, produzindo
registros com etiqueta de campo <ktag>, entre as chaves k1 e k2, com os seguintes
parâmetros.
If:
Nome do arquivo invertido (I/F).

 

Keytag:
Etiqueta que terá a chave lida (key tag), por default 1

Este campo tem os seguintes subcampos
^l o tipo de chave (1=curta, 2=longa)
^s o tamanho efetivo da chave (quantidade de caracteres = keylength)
^t total de apontadores (totalpostings)
^k número seqüencial de leitura (keyorder)

posttag:
Etiqueta que terá o apontador lido (posting tag)
Se este parâmetro é indicado, MX combinará as chaves do I/F e seus postings
correspondentes. O campo ptag terá os seguintes subcampos
^m MFN do apontador exibido
^t a etiqueta de campo onde a chave foi localizada
^o a ocorrência da etiqueta em que a chave foi localizada
^c a posição, contada em palavras, da chave neste campo
^p o número seqüencial do apontador em exibição
^k o número seqüencial de leitura da chave.

Postsperrec:

Máximo de apontadores lidos por registro, por default todos (all).

k1=<key>: Chave inicial a exibir

 

k2=<key>: Chave final a exibir

 

Exemplo 1: 

Lê as chaves do arquivo invertido CDS compreendidas no intervalo entre os termos
AFRICA e AFRICAN LANGUAGES

Mx dict=cds k1=africa "k2=african languages" now
mfn= 1
1 «AFRICA^l1^s6^t5^k1»
mfn= 2
1 «AFRICAN LANGUAGES^l2^s17^t1^k2»

 

Exemplo 2
Lê três chaves e postings do arquivo invertido CDS a partir do termo AFRICA
mx dict=cds,1,2 k1=africa count=3 now

mfn=   1

1 «AFRICA^l1^s6^t5^k1»
2 «^m93^t69^o1^c9^p1^k1»
2 «^m111^t24^o1^c3^p2^k1»
2 «^m111^t69^o1^c3^p3^k1»
2 «^m115^t69^o1^c7^p4^k1»
2 «^m121^t69^o1^c4^p5^k1»

mfn = 2

1 «AFRICAN LANGUAGES^l2^s17^t1^k2»
2 «^m75^t69^o1^c10^p1^k2»

mfn = 3

1 «AGE^l1^s3^t1^k3»
2 «^m136^t24^o1^c7^p1^k3»

 

Exemplo 3

Lê as chaves do arquivo invertido CDS, exibindo no máximo três postings cada vez
a partir do termo AFRICA, mostra três registros de saída, neste caso três chaves
mx dict=cds,1,2/3   k1=africa count=3 now
mfn= 1

1 «AFRICA^l1^s6^t5^k1»
2 «^m93^t69^o1^c9^p1^k1»
2 «^m111^t24^o1^c3^p2^k1»

mfn=2

1 «AFRICA^l1^s6^t5^k1»
2 «^m115^t69^o1^c7^p4^k1»
2 «^m121^t69^o1^c4^p5^k1»

mfn=3

1 «AFRICAN LANGUAGES^l2^s17^t1^k2»
2 «^m75^t69^o1^c10^p1^k2»

Exemplo 4
Lê as chaves do arquivo invertido CDS, exibindo os postings do termo AFRICA um por um
mx dict=cds,1,2/1 k1=africa count = 5 now
mfn=1

1 «AFRICA^l1^s6^t5^k1»
2 «^m93^t69^o1^c9^p1^k1»

mfn=2

1 «AFRICA^l1^s6^t5^k1»
2 «^m111^t24^o1^c3^p2^k1»

mfn=3

1 «AFRICA^l1^s6^t5^k1»
2 «^m111^t69^o1^c3^p3^k1»

mfn=4

1 «AFRICA^l1^s6^t5^k1»
2 «^m115^t69^o1^c7^p4^k1»

mfn=5

1 «AFRICA^l1^s6^t5^k1»
2 «^m121^t69^o1^c4^p5^k1»

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *