Gerar um Arquivo ISO_2709

Utilitários CISIS

[out]iso[={marc|<n>}]=<out_isofile>
[outisotag1=<tag>]
O programa MX pode ler e gravar indistintamente arquivos em formato ISO-2709 e aplicar os mesmos procedimentos que em arquivos .MST/XRF (excetuando aqueles processos que requerem o uso do arquivo invertido ou dicionário). A opção iso=<out_isofile> ou iso=marc|<n>=<out_isofile> permite gerar arquivos ISO-2709. Da mesma maneira que, como resultado de um processo,é gerado um arquivo mestre, pode ser criado um arquivo ISO-2709. Com a opção iso=<n>=<out_isofile> pode ser indicado um tamanho fixo para as linhas. Esta opção é utilizada para intercambiar arquivos .ISO de PCs com computadores de maior porte como o HP (Minisis). O separador de campo e o separador de registro no arquivo gerado pelo MX é o caráter #. Indicando iso=0=<filename> as linhas dos registros serão de tamanho variável. A opção iso=marc=<out_isofile> gerará linhas de saída com as seguintes características, compatíveis com a definição do MARC:
• Linhas de tamanho variável
• Os separadores de campo e registro serão os caracteres ASCII ‘\029’ ‘\030’
• As linhas terminarão somente com ‘\012’ e não incluirão o ‘\013’ (CR).
Exemplos:
• Este exemplo produz um arquivo ISO-2709 da base CDS

mx CDS iso=Saída.iso -all now

• Usa como entrada uma base de dados (CDS), realiza uma busca ( plants and water ) e gera como saída ( cds.iso ) um arquivo ISO-2709 com os registros recuperados.

mx cds "plants and water" iso=cds.iso now -all

• Este exemplo gera um arquivo ISO-2709 com o registro 1 da base CDS, com tamanho de linha fixo=40.

mx cds iso=40=Saída.iso to=1 now -all

• Cria uma saída do tipo:

0040900000000010900045000440078000000690
0790007802400690015702600230022603000210
0249070001600270070001300286#Methodology
of plant eco-physiology: proceedings of
the Montpellier Symposium#Paper on: <pl
ant physiology><plant transpiration><mea
surement and instruments>#Techniques for
the measurement of transpiration of ind
ividual plants#^aParis^bUnesco^c-1965#^a
p. 211-224^billus.#Magalhaes, A.C.#Franc
o, C.M.##

Dica: Observe que a última linha é preenchida com brancos à direita. Lembre que um arquivo ISO-2709 pode ser lido com MX, indicando somente que será a fonte de entrada:

mx iso=cds.iso

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *